Você sabe se sua empresa está tendo lucro ou prejuízo?

Com tantas informações financeiras que passam pela sua empresa, entradas e saídas que ocorrem em épocas distintas, como se organizar para não se perder no meio de tudo isso?

 

O cotidiano comum de uma empresa, é ter recebimentos, geração de vendas, pagamentos, dentre muitas outras funções que fazem o seu negócio funcionar perfeitamente.

 

Para saber se sua empresa está no ritmo correto, você precisa sem dúvida alguma, avaliar o seu fluxo de caixa. Nele, você visualiza toda sua movimentação financeira, podendo inclusive poder ter noção de seus resultados futuros. Parece quase mágica, mas não é.

 

O Fluxo de Caixa é um dos principais aliados do bom gestor. Ele separa os gestores profissionais dos amadores. Em qual categoria de gestor você quer se encaixar?

O que levar em consideração antes de investir em negócios que estão na "moda"

Você com certeza já deve ter ouvido falar do fluxo de caixa, mas você sabe de fato o que ele é, e qual o impacto dele em sua empresa?

 

O sucesso de uma empresa, em grande parte vem de uma boa organização financeira, e o fluxo de caixa mostra a você o saldo de seu negócio, qual seu capital, onde foram utilizados os recursos e para qual finalidade. Analisa passo a passo, e controla perfeitamente para onde cada centavo foi destinado.

 

O fluxo de caixa pode ser considerado, uma das ferramentas de maior confiabilidade, pois sem ele, nenhuma empresa sobrevive por muito tempo.

 

A movimentação financeira de uma empresa ocorre em prazos diferentes, o que deixa muitos empreendedores perdidos em sua gestão financeira.

 

Vamos ver um exemplo:

João possui uma empresa, e não faz o controle do fluxo de caixa.

No mês X ele vende muitos produtos, o que é ótimo, mas o recebimento destes foram definidos em sua maioria para mais de 30 dias. Entretanto, antes destes 30 dias, muitas despesas irão aparecer (salários, impostos, pagamento de fornecedores). Como João não analisa o fluxo de caixa, sem ele perceber, sua empresa estará encrencada em breve, mesmo que o faturamento no mês tenha sido ótimo. Para ele, a empresa ainda está gerando muito lucro, porém, não é o suficiente para pagar todas as despesas empresariais previstas. E agora João?

 

Outra situação bastante comum é o gestor olhar em sua conta corrente e ver que tem dinheiro suficiente para comprar mercadorias, mas ao não analisar seu fluxo de caixa não consegue identificar se terá recursos suficientes para cumprir com suas obrigações futuras. Uma simples compra, pode levar a sua empresa a falência, pois você não faz ideia de que você já está sem recursos financeiros.

 

Umas das principais bases de sucesso de uma empresa passa pela boa gestão financeira, e para esta gestão, a análise constante do fluxo de caixa é fundamental.

 

Para um uso correto do Fluxo de Caixa, todas as informações financeiras têm que ser registradas, como as Entradas (vendas efetuadas mas ainda não recebidas, recebimentos efetuados, juros de aplicações financeiras, entre outros) e Saídas (pagamentos diversos, impostos, salários, água, luz, despesas bancárias, cafezinho – sim, até o cafezinho, e tantas outras mais que ocorrerem). Com todas estas informações registradas, você poderá saber se sua empresa está tendo um bom resultado ou não. Se está tendo lucro ou não. Se terá recursos para o próximo mês, e muitas outras análises que um bom gestor faz.

 

Você só poderá obter a situação financeira real através do fluxo de caixa.

 

É através desta ferramenta que o empreendedor consegue identificar onde foram feitos os investimentos, onde poderá reduzir custos e também ver se houve um gasto a mais além do necessário no dia/mês/ano em vigor.

 

O fluxo de caixa é um ponto crucial para o desenvolvimento da sua empresa. É ele que mostrará os seus resultados, e lhe dará informações importantes para possíveis investimentos e expansão do seu negócio.

 

Com o fluxo de caixa a gestão financeira da empresa se torna profissional, permitindo trazer informações que permitam investimentos no negócio, ou mesmo correção de rumos (no caso de identificar falta de recursos).

 

Muitos empreendedores têm medo do fluxo de caixa, mas ele é bastante simples, ele apenas exige disciplina para lançar todas as operações financeiras e análise periódica.

 

Existem vários tipos de fluxo de caixa, sendo as formas mais comuns através de planilhas ou através de sistemas de gestão. Ambos funcionam, mas dependendo do volume de informações registradas, assim como variações (prazos de pagamento e recebimentos), o uso de uma planilha pode se mostrar bastante complicado e inseguro. No tocante a sistemas de gestão, no mercado também há opções, busque sempre um sistema de uma empresa séria, com bastante experiência no setor, que forneça um software robusto e seguro, e ao mesmo tempo fácil de operar. Como saber sobre a seriedade de uma empresa de software? Simples, busque depoimentos de empresas que utilizam o software.

 

Algumas dicas finais para você ter bons resultados com seu fluxo de caixa:

CB-Sistemas-dicas-analisar-fluxo-de-caixa-melhores-resultados-sistema-de-gestao-ERP

Utilize seu fluxo de caixa a seu favor, é uma ótima ferramenta para a gestão de seu negócio.

Aproveite, e conheça as soluções da CB Sistemas.

CB Sistemas