Especialista em vendas dá dicas sobre como melhorar o alcance da sua marca focando na vitrine

Dicas para decorar a vitrine de sua loja

Melhore o alcance de sua marca

A vitrine é o cartão de visitas de qualquer empresa de comércio varejista. Por isso, nenhum lojista deve desperdiçar o potencial que ela tem para atrair novos clientes.

De acordo com Mário Rodrigues, diretor do Instituto Brasileiro de Vendas, a vitrine deve ter a mesma atenção que as outras rotinas importantes da loja têm. Há uma razão: uma vitrine bonita, bem organizada e “pensada”, desperta o desejo pela compra nos consumidores. Para isso, o especialista recomenda manter a vitrine organizada, montada estrategicamente, condizente com o que a loja oferece e de acordo com as tendências do mercado.

Confira, abaixo, quatro dicas para deixar sua vitrine atraente:

Organização: Uma vitrine desorganizada não desperta interesse e não atrai o cliente em potencial. Por isso, a organização é fundamental. Com o papel de representar uma amostra do interior da loja, a vitrine precisa estar sempre em ordem e visar atingir o desejo de consumo do público-alvo da sua loja.

Estratégia de montagem: O tempo que as pessoas têm para fazer compras está cada vez mais reduzido, o que limita um olhar mais atento aos detalhes da vitrine. Utilizar esse espaço para transmitir mensagens relacionadas à marca é, então, uma forma de se aproximar do consumidor de maneira mais efetiva. Além disso, foque na escolha do que há de mais atrativo entre os produtos da empresa e otimize o uso do espaço disponível.

Propaganda enganosa: A vitrine deve expor produtos condizentes tanto com o que existe no interior da loja quanto com o que o que seu público-alvo procura. Evite expor na vitrine itens que não acompanhem a variedade de produtos disponíveis na loja ou que não sejam acessíveis aos seus consumidores em potencial. Isto gera uma frustração no comprador e pode ocasionar um efeito inverso ao desejado.

Tendência: Lojas que não se preocupam em acompanhar as tendências do mercado podem ser consideradas desatualizadas ou antiquadas. Se você atende a um nicho específico, fique atento às mudanças de estilo do seu público. Garantir que o olhar do consumidor passe pela sua vitrine pode ser a chave para incrementar ainda mais as vendas.

Fonte: site Pequenas Empresas e Grandes Negócios

Conheça nossas soluções para o Comércio Varejista.

CB Sistemas